À procura de…

By Leila Maria - junho 26, 2017

                     …quem me dera asas como de pomba! Voaria e acharia pouso.



Uma propaganda de TV questiona: “O que você procura fazer quando está estressado?” E sugere: “Procure o nosso produto.”
As diversas maneiras que as pessoas tentam lidar com os estresses sérios na vida são tão numerosas quanto: o número de pessoas, comer e beber demasiadamente, culpar a Deus, esconder os sentimentos, culpar os outros. Essas respostas podem nos acalmar, mas são apenas meios temporários de escapar de nossos problemas. Nenhum produto que procuramos pode nos livrar deles.
No Salmo 55, o rei Davi descreveu o seu desejo de escapar das dificuldades: “Estremece-me no peito o coração […] quem me dera asas como de pomba! Voaria e acharia pouso” (vv.4,6). Depois da traição de seu amigo e conselheiro Aitofel, que foi ajudar o seu inimigo, Davi queria ir embora (vv.12,13; 2 Samuel 15). Nesse salmo, ele relata que em sua dor, procurou pelo Senhor Deus (vv.4,5,16).
O que nós procuramos fazer? A autora Susan Lenzkes sugere que procuremos o Senhor e que derramemos o nosso coração diante dele. Ela escreve: “Está tudo certo — perguntas, dor e ira podem ser derramadas diante daquele que é infinito e Ele não se machucará […]. Pois batemos no seu peito, envolvidos em Seus braços.” 
                                                          
                                                                   Anne Cetas
                                                                   Leia: Salmo 55:1-7,22

Ao colocarmos nossos cuidados nas mãos de Deus, Ele nos traz a paz.





                                         


  • Share:

You Might Also Like

0 Comments