7 Razões Pelas Quais Você Deveria Parar de Usar Sabonete Antibacteriano

By Leila Maria - setembro 26, 2016




A onipresença dos antibacterianos em sabonetes “é algo preocupante“, disse à imprensa o pesquisador-chefe Dr. Eli N. Perencevich do Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston, Massachusetts,  em uma reunião da Sociedade de Doenças Infecciosas da América, em Nova Orleans. Ele disse que com o nível de utilização do sabão antibacteriano em casa, as bactérias poderiam facilmente desenvolver resistência tanto aos antibióticos quanto aos próprios sabonetes antibacterianos.
Cerca de 75 por cento dos sabonetes antibacterianos líquidos e 30 por cento dos em barras usam uma substância química chamada triclosan como um ingrediente ativo. A droga, a qual foi originalmente usada estritamente em ambientes hospitalares, foi adotada por fabricantes de sabonetes e outros produtos para o lar na década de 1990, eventualmente inflando uma indústria que vale cerca de 1 bilhão de dólares. Além do sabonete, nós já começamos a colocar o produto químico em toalhetes, gel para as mãos, tábuas de corte, protetores de colchão e todos os tipos de itens para casa conforme nós tentamos o nosso melhor para eliminar qualquer vestígio de bactérias do nosso meio ambiente.
1. Os sabonetes poderia atuar como desreguladores endócrinos
Uma série de estudos descobriram que, em ratos, sapos e outros animais, o triclosan parece interferir com a regulação do hormônio produzido pela tireoide, talvez porque se assemelha quimicamente ao hormônio próximo o suficiente para que ele possa se ligar aos seus receptores locais. Se este for também o caso em humanos,  há preocupações de que poderia levar a problemas como a infertilidade, avanço artificial da puberdade precoce, obesidade e câncer.
Esses mesmos efeitos ainda não foram encontrados em seres humanos, mas a FDA chama os estudos em animais de “preocupantes” – e observa que, tendo em conta os benefícios mínimos da utilização do triclosan a longo prazo, é provável que não valha a pena o risco.
2. Bactérias resistentes a antibióticos em ascensão
Uma recente pesquisa sobre o efeito dos sabonetes antibacterianos têm mostrado algumas conexões alarmantes sobre as novas superbactérias que não podemos nos proteger. Visto que os produtos antibacterianos eliminam todos os germes, mesmo os bons germes, nós não construímos resistência naturalmente à novas bactérias. Isso resulta na possibilidade de novas ameaças a nossa saúde, porque nosso corpo não é capaz de combatê-las. Muitos especialistas acreditam que os produtos antibacterianos abrem a porta para novos tipos de bactérias que surgem e que são resistentes a certos medicamentos, especificamente os antibióticos. Estas novas superbactérias são um perigo para a saúde pública.
3. Aumento das alergias
Uma das principais razões dos pais usarem produtos antibacterianos é proteger seus filhos. As campanhas publicitárias têm sido eficazes em fazer os pais se preocuparem com os germes e bactérias que seus filhos entram em contato, levando os pais a se equipar com vários tipos de produtos antibacterianos. Mas você pode estar fazendo mais mal do que bem – o triclosan tem sido associado a causa do aumento de alergias em crianças. Como? A exposição reduzida a bactérias pode afetar o desenvolvimento do sistema imunológico das crianças, tornando-os mais suscetíveis a certas alergias. Usar regularmente sabonetes antibacterianos pode de fato fazer o oposto de proteger seus filhos.
4. Sabonetes antibacterianos não são mais eficazes do que o sabonete convencional e água
Como mencionado no anúncio, de 42 anos de pesquisa da FDA, juntamente com inúmeros estudos independentes – produziram nenhuma evidência de que o triclosan fornece quaisquer benefício adicional para a saúde, em comparação ao sabonete tradicional ou sabonetes naturais.
Eu suspeito que há um grande número de consumidores que assumem que ao usar um sabonete antibacteriano, eles estão se protegendo das doenças, protegendo suas famílias“, disse Sandra Kweder, vice-diretora do centro de medicamentos da FDA  à AP. “Mas não temos nenhuma evidência de que isso é realmente o caso comparado com a simples combinação de água e sabão.”

5. As bactérias saudáveis ​​também morrem 
Os sabonetes antibacterianos são projetados para matar as bactérias que não são boas para o seu corpo antes que elas atinjam níveis perigosos. Mas esses produtos antibacterianos também matam as bactérias boas – as bactérias que podem ajudar a prevenir que outras bactérias se espalhem e que ajudam a criar uma resistência natural ás bactérias ruins. Matar 99,9% dos germes, algo que muitos fabricantes de produtos antibacterianos usam como seu principal argumento de venda, está iludindo quando alguns desses germes ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Por isso, é difícil dizer que esses sabonetes são bons para você quando eles se livram das coisas boas também.
6. O triclosan é utilizado em pesticidas
A  FDA e a Agência de Proteção Ambiental (EPA) estão colaborando em questões regulatórias relacionadas ao triclosan. Ele é encontrado em muitas marcas de creme dental, enxaguante bucal, sabonetes de mão e corpo, bem como produtos para bebês. E o perigo não deve ser ignorado, especialmente desde que o EPA regulamentou o triclosan na utilização de pesticidas. É isso mesmo – você pode estar escovando os dentes e cobrindo seu corpo com uma substância química que a EPA está revisando a sua utilização em pesticidas. O produto é absorvido através da pele e boca muito mais facilmente do que se pensava inicialmente, e isso faz você se perguntar por que teríamos chance de possíveis riscos à saúde e danos ambientais associados com o produto químico.


Leia maishttp://www.noticiasnaturais.com/2015/01/7-razoes-pelas-quais-voce-deveria-parar-de-usar-sabonete-antibacteriano/#ixzz4LMGfimkZ


Fonte:http://www.noticiasnaturais.com/2015/01/7-razoes-pelas-quais-voce-deveria-parar-de-usar-sabonete-antibacteriano/






  • Share:

You Might Also Like

0 Comments