Pão de batata com requeijão: receita fácil com dicas para congelar

Crédito: Adriano Ribeiro / Amo Pão CaseiroPão de batata com requeijão fresquinho, feito em casa

Que tal um pão de batata fresquinho feito em casa? Esse é recheado com requeijão. Vamos usar requeijão culinário, aquele mais firme que costuma vir em uma embalagem de bisnaga.
Você pode usar qualquer outro tipo de queijo e até misturar outros ingredientes como peito de frango ou calabresa.

Ingredientes

MASSA
  • 300 g (2 ¼ xícaras) de farinha de trigo
  • 120 g (⅔ xícara) de batata cozida e amassada
  • 3 g (⅓ sachê) de fermento biológico seco ou 9 g de fermento biológico fresco (⅔ de um tablete de 15 g)
  • 6 g (⅓ colher de sopa) de sal
  • 12 g (1 colher de sopa) de açúcar
  • 100 a 110 g (1/2 xícara) de leite integral
  • 2 ovos (uma para a massa e outro para a cobertura)
  • 25 g (1 ¾ colher de sopa) de manteiga sem sal
RECHEIO
  • 180 g (¾ xícara) de requeijão culinário (mais firme)

Modo de preparo

  1. Use uma batata que seja boa para fazer purê, eu usei a monalisa. Vamos precisar de 120 g, que equivale a uma batata média.
  2. Descasque a batata e corte em cubos
  3. Cozinhe por uns 30 minutos até que fique bem macia
  4. Passe a batata em um escorredor para evitar excesso de água e amasse bem com um garfo ou espremedor
  5. Deixe esfriar por pelo menos 30 minutos
  6. Agora vamos a mistura principal: em uma tigela grande adicione 300 g de farinha de trigo.
  7. Coloque 3 gramas de fermento biológico seco instantâneo diretamente na farinha. Isso corresponde a aproximadamente ⅓ de um sachê de 10 gramas
  8. Adicione 6 gramas de sal
  9. E 12 gramas de açúcar
  10. Misture os ingredientes sólidos antes de incluir os líquidos
  11. Coloque 120 g de batata cozida e amassada
  12. Adicione um ovo
  13. E 25 gramas de manteiga sem sal. Não pode estar gelada, precisa estar amolecida em ponto de pomada
  14. Agora o leite, são 110 g de leite integral, não precisa estar gelado
  15. Saber a quantidade exata de leite talvez seja o maior desafio dessa receita. Além de cada marca de farinha ter uma capacidade diferente de absorção de líquido, o tipo da batata, o tamanho do ovo e até a manteiga irão influenciar na hidratação da massa.
  16. Misture tudo com uma colher e depois com as mãos.
  17. Transfira para a bancada e vamos começar a sovar
  18. Se perceber a massa muito grudenta, passe um fio de óleo sobre a bancada e também nas mãos
  19. Antes de ser sovada, a massa é bem rugosa e se rasga com facilidade
  20. Use a base da palma da mão para empurrar, enquanto segura uma ponta da massa com a outra mão
  21. Não há necessidade de colocar muita força ou de rasgar a massa
  22. Vire a emenda para cima e repita essa sequência de movimentos por 10 a 15 minutos
  23. Depois de 15 minutos de sova, a massa deve ficar bem lisa
  24. Estique uma das ponta e verifique a elasticidade, isso é conhecido como ponto de véu
  25. Unte a tigela com um pouco de óleo, modele uma bola e coloque a massa para descansar por uma hora, até quase dobrar de volume
  26. Depois da primeira fermentação, transfira a massa da tigela para a bancada.
  27. Caso sua massa não tenha atingido ponto de véu logo após a sova, verifique novamente, é bem provável que agora já tenha chegado na consistência ideal
  28. Achate levemente a massa na bancada e polvilhe um pouco de farinha se perceber que ela gruda um pouco
  29. Para fazer a divisão, o ideal é utilizar uma espátula de padeiro e uma balança de cozinha, posicionando a massa em 12 partes iguais de aproximadamente 50 gramas
  30. Mas também é possível fazer isso com uma faca grande e lisa e proporcionar de forma visual.
  31. Marque uma linha que passe pelo centro da massa e uma outra linha perpendicular dividindo ela em 4 partes
  32. Agora divida cada quarto em 3 partes iguais
  33. Depois é só cortar a massa, seguindo as linhas de marcação
  34. Vamos então fazer uma bolinha com cada pedaço, arrastando levemente sobre a bancada com a mão em formato de concha.
  35. A modelagem dos pães ainda não terminou, cubra e deixe descansar por 10 minutos
  36. Enquanto espera, unte uma assadeira com um pouco de manteiga ou óleo
  37. E ligue o forno em 180ºC, deixando preaquecer por 30 minutos. Se seu equipamento tem duas resistências, ligue somente a de baixo
  38. Chegamos na modelagem final: polvilhe a bancada com um pouco de farinha, coloque a massa com a parte lisa para baixo e amasse suavemente com a ponta dos dedos até formar um disco
  39. Para o recheio vamos usar requeijão culinário, aquele mais firme que vem em uma bisnaga
  40. Coloque uma quantidade razoável bem no centro da massa, sem exagero. Para um pão de 50 g, eu uso não mais do que 15 gramas de requeijão
  41. Se colocar recheio demais, você terá dificuldade para fechar a massa e o pão pode abrir dentro do forno
  42. Puxe as laterais da massa e junte as duas pontas no centro
  43. Faça o mesmo do outro lado
  44. Termine de selar o pão juntando bem as pontas
  45. Coloque na assadeira untada com a emenda virada para baixo
  46. Cubra e deixe descansar uma última vez por 15 minutos
  47. Neste ponto, logo após a modelagem, você pode optar por congelar os pães. Coloque em uma caixa de plástico untada, sem necessidade de deixar espaço entre eles.
  48. Após algumas horas no congelador, você pode transferir as peças para um saco plástico para não ocupar tanto espaço no congelador.
  49. Quando for fazer os pães, coloque novamente sobre uma assadeira untada, cubra e deixe por 2 a 3 horas até que descongelem e cresçam um pouco. Depois é só assar normalmente como ensinaremos agora.
  50. Para cobertura dos pães, faça uma mistura de ovo com um pouco de água.
  51. Passe o ovo batido sobre a massa com a ajuda de um pincel de silicone
  52. E leve imediatamente ao forno, que já estará pré-aquecido a uma temperatura de 180 ºC. Eu gosto de colocar na prateleira mais alta para evitar que queime a base dos pães
  53. Depois de 15 minutos, vire a assadeira para dourar por igual e deixe por mais 10 a 15 minutos
  54. No meu forno, os pães assaram em um total de 25 minutos.
  55. Transfira para uma grade de resfriamento ou algum outro tipo de base perfurada para que os pães não fiquem úmidos na parte de baixo.
  56. Deixe esfriar assim por no mínimo 15 minutos
  57. Nesse momento, o aroma dos pães já terá dominado toda sua casa.
  58. Esse pão fica macio e saboroso, é a pedida ideal para um lanche da tarde.




Post a Comment