Esforço

By Leila Maria - maio 07, 2018





"Você fez o melhor possível?" ele me perguntou enquanto eu caminhava devagar em direção ao carro. Nosso time de beisebol da faculdade acabara de perder de 4 a 1. Ergui os olhos e vi um homem com boné de beisebol e uma prancheta nas mãos.
"Acho que sim", respondi.
"Ótimo. Então não tem motivo para ficar de cabeça baixa".
"Mas perdemos", foi tudo que consegui dizer.
"É, essas coisas acontecem", disse ele. "Você acha que o outro time fez o melhor possível?"
"Jogaram melhor do que nós", respondi.
"Claro que jogaram. Por isso ganharam. Mas acontece que vocês ganharam as três partidas anteriores. E você está batendo a 0,355. Eu não diria que foi uma temporada ruim, não é mesmo?"
O que esse cara estava querendo dizer? Eu sempre fiz o melhor que pude. Aprendi com meu pai. Ele nunca deixava nada pela metade, nem quebrava promessas ou recuava diante dos compromissos. Seu lema era fazer o melhor possível, mesmo que a situação fosse um caso perdido.
O homem com a prancheta nas mãos entregou-me um cartão de visita. Foi aí que notei o anel da Série Mundial no seu dedo. "Se você realmente sempre faz o melhor possível, me ligue no fim da temporada. Quero falar com você novamente".


  • Share:

You Might Also Like

0 Comments