O que fazer quando a criança acorda à noite

By Leila Maria - agosto 21, 2017



Existem diversas razões para seu filho estar acordando no meio da noite. Ele pode estar com fome, querer um aconchego ou simplesmente sentir falta de uma rotina mais consistente na hora de dormir. 

Se a criança não está dormindo bem, o seu sono também fica prejudicado. Sentir-se constantemente cansada e sem energia faz com que você "não funcione" bem e, num caso extremo, fique mais propensa a ter depressão, o que vai afetar o bem-estar da sua família. 
                                             Resultado de imagem para bebe chorando a noite
Se você não está achando tão difícil lidar com essas interrupções do sono, pode esperar até que seu filho comece a dormir a noite toda por si só. Mas, caso você esteja exausta, pode ser o momento de tentar fazer algo.


Por que meu filho acorda no meio da noite?

As causas mais comuns para uma criança acordar no meio da noite são vícios de comportamento na hora do sono ou problemas de saúde. 

Não é raro que crianças absolutamente normais e saudáveis acordem durante a noite quando passam por etapas marcantes do desenvolvimento ou então por crises de ansiedade da separação.

Mesmo crianças que dormiam super bem quando eram bebezinhos podem começar a acordar no meio da noite na fase entre 6 e 10 meses de idade. 

Os pesquisadores não sabem exatamente o motivo da piora do sono, mas muitos acreditam que há alguma causa psicológica ou ligada ao processo de desenvolvimento. 

A criança também pode acordar muitas vezes no meio da noite por não estar dormindo bem durante o dia, por ter passado por mudanças na rotina (com uma viagem, por exemplo) ou por ter sofrido excesso de estímulo. 
                                    Resultado de imagem para bebe chorando a noite

Quem já não passou por isso? A criança está exausta e você acha que ela vai desmaiar na cama depois de tanta atividade, mas a noite acaba sendo um inferno!

Os pesadelos e as crises de medo contribuem para o sono conturbado. 

Crianças que roncam ou que respiram pela boca quando estão dormindo têm mais probabilidade de acordar no meio da noite. Horários irregulares para dormir durante o dia e para ir para a cama costumam resultar em despertares à noite.

Isso sem contar as eventuais doenças, porque aí não tem jeito: uma febredor de ouvido ou tosse com direito a nariz entupido acorda qualquer criança.

O que posso fazer para ajudar meu filho a dormir a noite toda?

Caso seu filho peça para mamar durante a noite, é essencial que você acabe com o hábito, se quer que ele durma ininterruptamente. 

Ele provavelmente está usando a mamadeira ou o peito como muleta para voltar a dormir. E não é bom para os dentes dele ficar sujos de leite no meio da noite (mesmo o leite materno, que também tem açúcares naturais).

"É muito comum observarmos bebês que sempre dormiram muito bem durante toda a noite voltarem a acordar durante a madrugada após o primeiro ano de vida ou pouco antes disso", afirma Fábio Picchi Martins, pediatra especializado em terapia intensiva e integrante do Conselho Médico do BabyCenter.

Todas as novas atividades e emoções que acontecem durante o dia também deixam a criança superestimulada ou agitada. Não que isso seja um problema, mas o excesso de estímulos interfere no sono noturno. 
                                     
"Nesses casos, as sonecas diurnas são importantes para uma quebra temporária dessa atividade toda", explica o pediatra. 


Ideal mesmo é começar a ensinar bons hábitos de sono desde que a criança é pequenininha, já chegando da maternidade. Mas, para quem não fez isso, ainda dá para consertar a situação.


  • Rotina: um bom começo é criar uma rotina razoavelmente rígida para a hora de dormir. 

    Procure colocar seu filho na cama cedo. Crianças que dormem menos que o necessário acabam tendo um sono mais inquieto, o contrário do que seria de esperar. 

    A rotina deve ter duas ou três atividades bem calmas, e terminar com a criança adormecendo sozinha, sem ajuda.

  • Diferencie noite e dia: deixe a casa iluminada e com os barulhos típicos durante o dia, mas faça silêncio e preserve o ambiente tranquilo e mais escurinho à noite. Isso ajudará a criança a ajustar seu relógio interno.

  • Pegar no sono sozinho: dê ao seu filho a chance de adormecer sozinho, colocando-o na cama quando ele está com sono mas ainda acordado. 
                                   Resultado de imagem para bebe dormindo
    Se você criou o hábito de balançar ou amamentar seu filho na hora de dormir, ele pode ter ficado dependente disso, sem conseguir pegar no sono sozinho. Procure desacostumá-lo aos poucos.



  • Banho e pijama: dê um banho relaxante e vista o pijama como parte da rotina. Na sequência pode vir uma contação de história e/ou uma massagem. Se o ritual for mantido, a criança vai se conformando com o fato de que está chegando a hora de dormir. 

    Encerre a rotina -- que não deve durar mais do que 30 minutos -- no lugar em que a criança dorme.

                                           Resultado de imagem para bebe dormindo

  • Naninha: Você pode oferecer um objeto de estimação para que seu filho se sinta mais seguro. Cuidado com peças que possam se soltar se a criança morder a naninha.

  • Espere antes de agir: Quando ele chorar durante a noite, espere alguns segundos antes de agir, para que ele tenha tempo de adormecer de novo sozinho. 

    Se a criança continuar chorando, vá até ela, mas não interaja muito. Faça no máximo um carinho nas costas e diga que está tudo bem mas é hora de dormir. Saia do quarto e espere alguns minutos para olhar de novo como ela está. 
                                Resultado de imagem para bebe  negro dormindo
    Depois de três ou quatro tentativas, você pode preferir pegar seu filho no colo para ter certeza de que está tudo bem. Se não tiver nenhum problema, repita o processo.


A rotina durante o dia também colabora para um bom sono à noite. Estabeleça um horário certo para a soneca diurna. 

Você vai notar que, quando seu filho tira uma boa soneca num horário adequado durante o dia, dorme mais tranquilo à noite. Não se preocupe em "gastar" o sono da noite. 

Tenha em mente a seguinte regra: a soneca precisa terminar no mínimo três horas antes do horário de ir para a cama à noite.

Meu filho sempre quer mamar durante a noite. O que faço?

                     Resultado de imagem para bebe chorando a noite

Caso o problema que faz seu filho ter um sono "picado" seja a mamada noturna, você pode tentar algumas táticas:


  • Se seu filho toma fórmula em pó, faça a mamadeira da madrugada mais diluída, com mais água e menos pó que o normal. Se já for leite de vaca, acrescente um pouco de água. Mas isso só vale porque a criança já tem mais de 1 ano de idade e se alimenta bem durante o dia. Faça bem aos pouquinhos, para ele não perceber e vá aumentando a proporção de água a cada dia que passa. Assim, o organismo dele acaba se desacostumando do leite.

  • Se seu objetivo é que ele durma a noite toda, o ideal é tirar a mamada de vez. Mas, se você conseguir trocá-la por um copinho de água, por algum tempo, pode ser uma solução. 

    E continue, na hora de dormir, ensinando-o a pegar no sono sozinho, sem a muleta do leite. A vida de vocês vai ficar mais fácil, e vai ser melhor para a arcada dentária dele.

  • Você também pode tentar uma estratégia mais comportamental: arranje um copinho especial, dos que não vazam, ponha água e faça dele uma grande novidade, dizendo que a partir de agora ele vai ficar à disposição da criança no berço (ou na cama), já que agora ela é grande. 

    Uma dica é fazer isso junto com a transição do berço para a cama.

  • Veja também se seu filho está dormindo o suficiente. A falta de sono pode, ao contrário do que parece, provocar noites mais agitadas.

Quais técnicas para ensinar o bebê a dormir a noite toda devo usar?

Caso você ache que seu filho já está pronto, e se sinta confortável com isso, pode tentar o método do choro controlado. Isso significa deixar o bebê por alguns minutos no local onde ele dorme antes de voltar para lá e estender aos poucos o intervalo entre cada visita. 

Especialistas sugerem começar com intervalos de dois minutos, ampliando gradualmente até 10 minutos. 

Pode ser difícil deixar seu filho chorando, mesmo que seja num curto período de tempo. Mas muita pesquisa sobre o método de choro controlado e seus efeitos tem sido feita e as conclusões são de que não fazem mal ao bebê. 

Só não deixe a criança chorando por longos períodos durante a noite. 

Muitos pais não gostam desse método, conhecido por alguns como "nana nenê". Se este é o seu caso, há outras maneiras de ajudar o bebê a dormir. 


As seguintes estratégias podem ajudar: 


  • Aconchegue a criança se você quer que ela durma junto com você, tomando as precauções para que ela não caia. Deite-se ao lado dela, fingindo dormir, para que ela entenda que o dia acabou.

  • Divida com seu parceiro ou outra pessoa que mora com você o papel de confortar a criança que acorda durante a noite. 

    Se a criança já não mama no peito, alguém pode revezar com você a tarefa de verificar por que ela está chorando durante a noite. Assim não fica tão cansativo para uma pessoa só.

  • Em sintonia com as necessidades do bebê, você e sua família poderão tentar identificar se algo a está incomodando durante a noite. A fralda está cheia? A roupa de dormir é confortável? A criança está sentindo frio ou calor? Há mosquitos no quarto?

Preciso seguir um método para ajudar meu filho a dormir?

Você não precisa usar um método para o bebê dormir a noite toda. Os pais costumam escolher uma estratégia específica porque estão exaustos ou frustrados pelos hábitos noturnos dos filhos. 

Mas, se você estiver feliz com a maneira como as coisas estão funcionando na sua casa, não precisa tomar nenhuma providência. 

As famílias têm graus diferentes de expectativa e tolerância. 

E é importante saber que algumas crianças são naturalmente boas de sono e, cedo, já entram num padrão que deixa todo mundo feliz. Outras são naturalmente mais agitadas e precisam de mais estrutura ou ajuda para dormir. 

Cada criança, às vezes da mesma família, é diferente. Então, pode acontecer de as estratégias que você usou com o primeiro filho não funcionarem com o segundo. 

Também há casos em que o choro do bebê durante a noite acaba atrapalhando o sono do irmão mais velho. 

É bom saber ainda que, mesmo uma criança que durma bem a noite toda, pode ter de vez em quando um sono mais agitado. 





  • Share:

You Might Also Like

0 comentários