Nas pequenas coisas, a gente mata o amor.

By Leila Maria - junho 19, 2017


Nas pequenas coisas…


Cada vez que a sua mãe (seu pai) pergunta algo e você responde com grosseria, você está dando um soco no amor que ela(e) sente por você.
Cada vez que um(a) amigo(a) o chama para conversar e você não dá atenção, você dá um beliscão na amizade que ele tem por você.
Cada vez que um parente vem visitá-lo e você demonstra que ele não é bem-vindo, você dá um chute nas expectativas que ele tinha de vê-lo.
Cada vez que o seu parceiro(a) diz que o(a) ama e você responde “eu também”, só por educação, você dá um tapa na relação que ele(a) está tentando construir com você.

Cada vez que o seu(sua) filho(a) pede colo e você responde que está ocupado(a), é um empurrão que você dá na sua chance de ser pai(mãe).

Todo mundo tem dias ruins. Não dá para ser legal o tempo todo. Nem sempre estamos bom humor para as piadas dos amigos, inspirados para sermos românticos no relacionamento ou descansados para receber visita em casa. Acontece.
Mas, se você expulsar as pessoas da sua vida toda vez que elas pedirem para ficar, uma hora elas vão acabar desistindo de você e indo embora.

É triste, mas, nas pequenas coisas, a gente mata o amor.

Como você está alimentando suas relações?

                                                                
                                                             PALOMA CARVALHAR





  • Share:

You Might Also Like

0 comentários