Blog da Amizade Amigos de Leilanina

6 de setembro de 2016

Abraça-me






Quero ser como criança

Te amar pelo que és
Voltar à inocência
Acreditar em Ti
Mas as vezes sou levado 
Pela vontade de crescer
Torno-me independente
E deixo de simplesmente crer



Não posso viver longe do Teu amor, Senhor
Não posso viver longe do Teu afago, Senhor
Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor



Abraça-me, Abraça-me
Abraça-me com Teus braços de amor



Fonte:Vagalume