17 de agosto de 2017

# momento de fé

VENDO COM BONS OLHOS






            A expressão ver com bons olhos é comum em nosso idioma. Um fato, uma idéia, uma pessoa – os olhos apontam o juízo de alguém que demonstra com o tipo de olhar sua opinião, seus sentimentos, seu caráter.

             Olhos bons e olhos maus. Imagine que o próprio Senhor Jesus, sob a ótica de muitas pessoas era totalmente reprovável. Um exemplo:  Jo 7:12 Entre a multidão havia muitos boatos a respeito dele. Alguns diziam: É um bom homem. Outros respondiam: Não, ele está enganando o povo. Os maus olhos sobre Jesus chegavam ao ponto extremo de julga-lo totalmente vil e digno de morte! Jo 7:20 Você está endemoninhado, respondeu a multidão...

             No Sermão da Montanha o Senhor ensina sobre a questão dos olhos. Em Mt 6:22-23 Os olhos são a candeia do corpo (revelam a situação espiritual da pessoa). Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. (lembre-se que trevas é o ambiente onde o inimigo reina).

             O profeta Isaías também ensina sobre esta questão. Is 3:9 O jeito como olham testifica contra eles; eles mostram seu pecado como Sodoma, sem nada esconder. Observe a continuação deste versículo: 9b ai deles! Pois trouxeram desgraça sobre si mesmos.

             Pedro também escreveu sobre esta observação do estado da alma sendo revelado pelos olhos. Versando sobre falsos profetas e falsos mestres, ele escreveu: 2 Pe 2:14 Tendo os olhos cheios de adultério, nunca param de pecar; iludem os instáveis e têm o coração exercitado na ganância. Malditos! (filhos da maldição­ – noutra versão).

             Ver com bons olhos é ver sob o ponto de vista do Criador. Quando a alma é curada e o espírito está sintonizado ao Espírito Santo, a luz do Senhor transparece nos olhos da pessoa. Duas observações sobre o que é olhar com bons olhos: 

a)      É ter os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé (Hb 12:2). Ter os olhos fitos em Jesus implica no que está proposto no verso anterior, Hb 12:1, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta.

b)      É olhar para as multidões e vê-las como Jesus as viu, conforme Jo 4:35 – os campos já estão brancos, prontos para a ceifa. 

À Igreja de Laodicéia, o próprio Senhor recomendou a aquisição de colírio fornecido por Ele (Ap 3:18). Ore agora e peça ao Senhor que unja seus olhos com este colírio para que toda impureza seja removida e eles se tornem bons olhos.

                                                                                                      Paulo Rogério Petrizi