Todos Contra a Pedofilia

By Leila Maria - maio 30, 2017


De acordo com a Safernet no Brasil — organização social que atua em parceria com o Ministério Público Federal no combate aos crimes cibernéticos — cerca de mil novos sites com conteúdo que remetem à pedofilia são criados por mês no Brasil, um dos fatores que fazem do País o principal consumidor de pornografia infantil no mundo.
E um canal que se mostra um perigo nesse aspecto são as redes sociais: pessoas mal-intencionadas passam a seduzir as crianças, que não conseguem perceber a maldade arquitetada virtualmente. À Super Rede Boa Vontade de Comunicação(Rádio, TV, Internet e Publicações), a psicóloga Katherine Benevides, da Secretaria de Saúde do Amazonas (SUSAM), detalha que, em geral, o pedófilo pode ser caracterizado como “um homem de 18 a 55 anos, presente em todas as classes sociais e bem paciente. Vemos casos de pedofilia em que a criança é seduzida durante dois anos”.
De acordo com a especialista, o pedófilo é astuto em seduzir os pequenos, utilizando-se de estratégias como, ao telefone, usar voz mais infantil, criar perfis em redes sociais como crianças para convencer a marcar encontros, ou ainda oferecer presentes em troca de fotos sensuais e, por meio delas, fazer chantagens para que o caso não chegue ao fim com uma denúncia.
E a questão é mais séria, já que também tem relação com o Mundo Espiritual. Uma criança ou adolescente vulnerável à pedofilia também se encontra espiritualmente em risco. Isso porque “o pedófilo tem sua mente em sintonia com os espíritos obsessores, criaturas com os mesmos propósitos vulgares e criminosos. Não agem sozinhos, espiritualmente falando. Porém, é um fator que não isenta os marginais encarnados da culpa”, explica o ministro-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, João Carlos de Carvalho.
Caso desconfiem que seu filho (a) está sendo vítima de algum pedófilo, é importante que os pais facilitem que a própria criança conte. Para isso, “ela precisa se sentir cuidada, respeitada, valorizada e segura. Ela precisa saber que, se chegar para conversar com os pais, será ouvida respeitosamente. (...) Ela é a vítima”, alerta a psicóloga Katherine. Após a revelação, os pais devem realizar denúncia à Polícia Federal. A pedofilia é crime hediondo desde maio de 2014.
Contudo, se podemos agir após as infelizes consequências, muito mais para evitá-las. Abaixo, você confere algumas dicas para a prevenção da pedofilia:
Atalison Alves

MENOS EXPOSIÇÃO

Também não podemos esquecer de que a exposição exacerbada de dados pessoais é um grande perigo na web. Contribuindo para o assunto, ao Portal Boa Vontade, o psicólogo e diretor de prevenção da Safernet no Brasil, Rodrigo Nejm, explica que “muitos mostram até mesmo o check-in do voo, ou comentam em que local estão. Parecem informações inofensivas, mas são detalhes da vida pessoal que, quando reunidas, favorecem as ações de criminosos: podem entrar no perfil de um jovem e saber detalhadamente o cotidiano daquela pessoa, por exemplo”. 





Fontes:http://www.boavontade.com/pt/tecnologia/todos-contra-pedofilia-fique-atento-prevencao-de-suas-criancas
http://todoscontraapedofilia.ning.com/

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários