O Remédio é o Amor

By Leila Maria - agosto 31, 2017




“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.” (1Coríntios 13.4)
Nestes dias tão difíceis e maus que estamos vivendo, onde tudo que se vê é dor e sofrimento – o antídoto e remédio para a sociedade doente é o amor. Esse “antídoto” não será encontrado na ONU, não virá de uma reforma política ou tampouco de um sistema econômico eficaz. Só Deus tem esse amor, pois Deus é amor! Entretanto, Ele escolheu agentes que, em seu Nome, levem esse amor: sou eu; é você.
Ele deixou Seu amor em Sua Igreja. Nós deveríamos ser conhecidos não por escândalos, corrupção, nem pelo vil dinheiro, mas sim como “agentes do amor”. Por isso, sua maior contribuição para a sociedade presente é o amor. Manifeste-o a partir de agora em cada esquina, a todas as pessoas, em todos os momentos, de todas as maneiras. Seja paciente com o próximo, gentil e doce. Seja generoso com os necessitados. Mostre calor, afeto e carinho pelo seu semelhante.
Essa é uma das formas mais poderosas de se pregar o Evangelho: levar ímpios ao Salvador para que sejam perdoados de seus pecados, ao mesmo tempo que se traz alívio para seu sofrimento por meio do amor. Assim os cristãos fazem deste mundo um lugar melhor. Ame e seja amado!
                                        Paulo Junior









  • Share:

You Might Also Like

0 comentários