Estar bem também é desistir



Por mais que queiramos que algumas pessoas permaneçam, nem sempre é o que é bom para nós. Muitas vezes precisamos nos despedir de pessoas que amamos por elas não nos fazerem bem. É claro que vai doer. É claro que ficaremos, inicialmente, na dúvida de ser o certo ou errado a fazer. Mas infelizmente precisamos nos libertar de certas coisas/pessoas para que possamos seguir nosso caminho.
Sentir por um alguém e o sentimento ser recíproco não significa que tudo vai dar certo. Amor não é tudo, reciprocidade não é tudo… Eles podem ser uma das bases que sustentam todo e qualquer tipo de relação, mas nunca, jamais, um – e apenas UM – sentimento será o “essencial”.
Observe suas bases, sua construção, é tudo um conjunto. Se alguém ou algo abala tua estrutura reflita sobre como fortalecer. E, nesses casos, às vezes, nos fortalecemos quando nos despedimos de sentimentos/coisas/pessoas que nos puxam pra baixo.
Estar bem é saber quem de fato nos faz bem, quem de fato nos quer bem e quem de fato faz isso acontecer.
Você já fez algum bem por você nesses últimos dias?




Assine a nossa Newsletter

Back to top