Um povo educado joga lixo nas lixeiras.

By Leila Maria - fevereiro 17, 2016





Um povo educado joga lixo nas lixeiras. Não joga lixo pela janela do carro, mas carrega uma pequena sacola plástica no veículo onde deposita o lixo para depois ser colocado numa lixeira em algum lugar. É tão fácil fazer isto que é difícil compreender como é que tanta gente ainda no século XXI suja tanto as cidades e as estradas! Há tantas lixeiras espalhadas pelas cidades, lojas, shoppings, lanchonetes, parques, praças, jardins, não é? E mesmo que não tenha em algum lugar, não é preciso sujar as ruas e praças.
Fico pensando se elas fazem isto consigo mesmas. Será que jogam também algum lixo em suas próprias vidas? Não sei se dá para ter desprezo (ou má educação?) para com aquilo que é público sem ter para com aquilo que é particular, ou seja, a sua própria vida, seu corpo, sua mente.
Há muitas formas de “sujar” sua vida. Uma delas é alimentando-se de maneira prejudicial, usando tabaco, álcool, comida gordurosa, açúcar, cafeína, etc. Murray e Pizzorno, autores da Enciclopédia de Medicina Natural dizem que saúde depende de: alimentação natural, exercícios físicos e atitude mental positiva.
Outra forma de jogar lixo em sua vida tem que ver com o que você alimenta sua mente. Isto tem que ver com o que você lê, assiste, ouve. É espantoso como milhões de pessoas desperdiçam tempo assistindo programas e filmes de TV destrutivos, violentos, cheios de maus princípios de conduta, brigas, romances exagerados imorais e amorais, etc. Se estas pessoas usassem este tempo para assistir algo produtivo, construtivo, que ajudasse na formação do caráter, a sociedade estaria muito diferente hoje.
Estudos sérios sobre a influência da TV sobre a violência social já demonstraram a ligação de uma coisa com a outra. A TV comercial não se importa com a formação moral das famílias e a saúde do indivíduo, mas sim com o lucro e audiência. Quanto mais audiência, mais lucros. E para ter audiência colocam de tudo no ar, e para disfarçar, colocam alguns programas “sociais” ou de ajuda comunitária. Uma hipocrisia. O importante de tudo isto é que você tem a liberdade de escolha! Você pode escolher com o que irá alimentar sua mente, sua alma, seu espírito ou coração. E dependendo de que tipo de alimento toma, a conduta será positiva ou negativa, construtiva ou destrutiva, boa ou perversa.
Também seu cérebro é influenciado pela música de uma forma muito poderosa. Músicas podem fazer uma lavagem cerebral. Podem controlar a mente. Despertam emoções que acabam controlando o indivíduo e o levando a atitudes criminosas até. Há músicas que irritam o cérebro seja pelo ritmo, pelo volume, etc. Mesmo dentro de igrejas!
Você daria um cálice de “bom” vinho para um bebê tomar na mamadeira? Pediria a uma menina de quatro aninhos de idade para dar uma tragada num cigarro? Deixaria seus filhos na meninice assistirem programas violentos na TV sem nenhuma censura? Não colocaria nenhum limite para as crianças ouvirem músicas rock pesado (ou não) cheios de satanismo nas letras, no ritmo, na forma de apresentar, no comportamento obsceno e debochado dos intérpretes? Então, por que jogar estes lixos tóxicos em sua vida?
Faça escolhas saudáveis. A vida é curta. Há dores evitáveis. A maioria das doenças que mais adoecem e matam as pessoas hoje são ligadas ao estilo de vida, e isto tem que ver com o que você come, escuta, bebe, lê, se envolve, pratica. São as chamadas “doenças da modernidade”. Dentre elas estão a diabetes (especialmente a tipo 2), as doenças cardiovasculares, o derrame cerebral, doenças pulmonares, câncer e também doenças emocionais.
Evitando jogar lixo nas ruas e estradas você contribui para menos problemas sociais (entupimento de esgotos, enchentes, poluição ambiental, contaminações, doenças infecciosas e parasitárias, menos trabalho para os lixeiros, etc.). Evitando jogar lixo na sua vida você contribui para sua saúde física, mental e espiritual e isto afeta também a sociedade. Faça uma melhor escolha. Da próxima vez, jogue o lixo no lixo. E busque a purificação interior. Aquele que faz o mal, aborrece a luz, e não vem para a luz para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas.

Dr. Cesar Vasconcellos de Souza
Fonte: 
http://www.portalnatural.com.br

Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua
Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua



Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua


Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua

Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na ruaResultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua



Resultado de imagem para recicle


Resultado de imagem para pessoa jogando lixo na rua



Resultado de imagem para recicle




  • Share:

You Might Also Like

0 comentários