A verdade nos liberta

By Leila Maria - outubro 06, 2017




“Maturidade emocional é perceber que não tenho necessidade de culpar ou julgar ninguém pelo que acontece comigo”
Anthony de Mello


                               Resultado de imagem para maturidade
Normalmente, a maturidade emocional é associada à idade a aos anos de experiência de vida cronológica.
No entanto, quando se trata de maturidade emocional, a idade pode ter pouco a ver com isso. Muitas vezes a maturidade física chega antes da maturidade emocional.
A maturidade emocional não surge do nada, exige trabalho interno, esforço, boa vontade e o desejo de olhar para dentro e se conhecer melhor, com a cabeça e o coração em perfeita sintonia.
Amadurecer significa encarar a realidade exatamente como ela é (deixar cair as ilusões) e perceber que muitas vezes ela é bem mais dolorosa do que gostaríamos.
Amadurecer significa entender que não existe amor maior do que o amor-próprio, aprender a aceitar o que a Vida nos apresenta e seguir em frente.
Amadurecer é ter cuidado com o que diz, respeitar o que ouve e meditar sobre o que pensa.
A clareza mental das pessoas maduras contrasta com a preguiça e caos mental das pessoas imaturas.
Portanto, a maturidade emocional, ao libertar a pessoa dos dramas por ela criados, ajuda a resolver problemas quotidianos de forma eficaz.
Pessoas emocionalmente maduras já aprenderam que somos o que pensamos!
Se agir mais e reclamar menos, significa que está a crescer emocionalmente. Parar de reclamar é a melhor maneira de promover mudanças.
Falhar permite-nos ver os caminhos que não devemos seguir.
As pessoas maduras não se punem por possuírem limitações, simplesmente as aceitam e tentam melhorar. Sabem que nem sempre as coisas acontecem como queremos, mas cada erro, cada contrariedade, é uma boa oportunidade para o crescimento e desenvolvimento pessoal.
Essas pessoas aprenderam também a abrir-se emocionalmente... As couraças emocionais pertencem ao passado...Criadas por si mesmos, pelas necessidades, no presente tornam-se barreiras, muros. Couraças, que nos defendiam e protegiam, tornam-se bloqueios que nos aprisionam e impedem a expansão da nossa Luz.
Não seja perfeccionista , nem espere a perfeição dos outros. Aceite e perdoe, principalmente, a si mesmo.
Maturidade emocional é assumir o controlo da sua vida, ter a sua própria visão do mundo e ambição para o sucesso. Ao desenvolver a maturidade emocional, a vida torna-se um prazer e não uma obrigação.
Neste estádio, as pessoas sabem que a vida fica muito melhor quando é vivida em liberdade. Então, deixam ir o que não lhes pertence, porque entendem que ficar preso ao passado nos impede de fechar ciclos e curar feridas emocionais.
Limpar a dor do nosso passado é, absolutamente, necessário para avançarmos no nosso caminho, seja ele qual for.
As pessoas emocionalmente maduras sabem da importância de viver no presente, superando e aceitando o que passou. O que aconteceu, já aconteceu! Não podemos mudar! De nada adiantam os "ses" e os "devias"... Aprenda com as situações e com os desafios e siga em frente!
A maturidade emocional ajuda-nos a entender melhor os nossos próprios sentimentos e os dos demais, mantendo-nos conectados connosco próprios, com aquilo que somos, com a nossa Essência.





                               Resultado de imagem para maturidade



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários