Escolha ser feliz

By Leila Maria - julho 17, 2017




Todos os dias do oprimido são infelizes, mas o coração bem disposto está sempre em festa. (Provérbios: 15.15)
Este versículo está dizendo que todos os dias são muito difíceis para aquela pessoa que vive aflita e que, em contrapartida, a vida é sempre muito agradável para o que possui o coração alegre.
Já escrevemos alguns artigos tentando mostrar que não temos a menor interferência em algumas coisas que acontecem conosco, porém a forma como reagimos a essas situações é que vão determinar o final da história, aliás, existe uma determinada linha de raciocínio que diz que 10% do que acontece conosco foge ao nosso controle e que os outros 90% são fruto de como  reagimos a esses 10%.
Não temos a menor condição de medir esses percentuais, porém as atitudes que tomamos com referência às circunstâncias que a vida nos impõe, são fundamentais para determinar como andará o nosso coração.
O  verso que serve de tema para esse artigo separa as pessoas em dois grupos, quais sejam, os aflitos e os de coração alegre e a pergunta que precisamos fazer é: As pessoas que vivem de coração alegre estão isentas de problemas? Somente as pessoas aflitas são atingidas pelas circunstâncias da vida? As respostas para as duas perguntas é a mesma, um sonoro NÃO.
A grande diferença entre essas pessoas é que algumas escolhem ter uma atitude positiva diante do problema, preferem lutar acreditando que conseguirão vencer e as pertencentes ao outro grupo preferem ficar reclamando, murmurando a respeito de quão injusta é a vida para com elas.
Não temos a menor condição de medir esses percentuais, porém as atitudes que tomamos com referência às circunstâncias que a vida nos impõe, são fundamentais para determinar como andará o nosso coração.
O  verso que serve de tema para esse artigo separa as pessoas em dois grupos, quais sejam, os aflitos e os de coração alegre e a pergunta que precisamos fazer é: As pessoas que vivem de coração alegre estão isentas de problemas? Somente as pessoas aflitas são atingidas pelas circunstâncias da vida? As respostas para as duas perguntas é a mesma, um sonoro NÃO.
A grande diferença entre essas pessoas é que algumas escolhem ter uma atitude positiva diante do problema, preferem lutar acreditando que conseguirão vencer e as pertencentes ao outro grupo preferem ficar reclamando, murmurando a respeito de quão injusta é a vida para com elas.
Então, esse artigo está tentando mostrar que o coração alegre não está relacionado com o fato de as pessoas pertencentes a esse grupo não serem afetadas pelas mazelas proporcionadas pela vida e sim pela forma como essas pessoas reagem a essas dificuldades.  Muitas vezes os problemas que essas pessoas carregam são muito grandes, maiores até do que aqueles que os que se encontram no grupo dos aflitos estão enfrentando.
É claro que não são nada fáceis determinadas situações pelas quais passamos, parece que o mundo desmoronou e Deus nos abandonou, entretanto, o nosso comportamento diante das dificuldades tem um poder enorme na forma como vamos nos sentir diante de qualquer circunstância pela qual estamos passando.
Sendo assim, conclamamos a você que está lendo esse texto, a fazer uma reflexão a respeito do seu posicionamento nas diversas situações que a vida está lhe impondo, pois, de repente, será necessária uma mudança na forma como você está enfrentando determinadas situações e creia sentir pena de si próprio não irá amenizar os problemas, pelo contrário, farão com eles tenham uma dimensão muito maior do que realmente têm.
Pense nisso e deixe o seu comentário.




  • Share:

You Might Also Like

0 comentários