E o amor não é uma invenção humana...

By Leila Maria - novembro 10, 2015




Ainda bem que a gente não perde nunca essa mania de acreditar. Que amanhã vai ser melhor. Que o próximo amor virá para ficar. Que essa aflição um dia vai passar. Que a distância não pode nos impedir de sonhar. Que o nosso coração errante ainda toma jeito. No fundo a gente acaba acreditando. Por algo ou por alguém. É o que costumamos chamar de fé. Essa certeza de que o pior ficou para trás. Essa confiança de que existe alguém lá em cima observando nossa luta e preparando um belo prêmio. Essa crença de que a vida vai dar certo. E vai mesmo. Porque a mente atrai o clamor da alma. Porque quando a gente acredita, de verdade, as coisas acontecem. Porque o coração é uma fênix que não se cansa de renascer. E o amor não é uma invenção humana. E o bem há de prevalecer. A escuridão da madrugada assusta a tristeza. E amanhã o Sol estará mais uma vez no céu a brilhar. É a vida lhe dizendo na forma de luzes e cores que mais uma chance lhe foi dada. Enxugue o rosto, abra o armário e escolha o seu melhor sorriso. Confie em mim. Não é uma vida ruim. Foi só um dia difícil. E já passou.

Rafael Magalhães





  • Share:

You Might Also Like

0 comentários