Amigos de Leilanina

11 de maio de 2015

Reluz



Brilha no céu de novo uma estrela ah ah
Soltando a luz que reluz seu olhar
Paira no tempo um sonho perdido
Que a gente só pensa em de novo encontrar

Solto meu grito, seu nome ao vento
E fico voando no meu pensamento
Te espero mais livre a cada manhã

Cheiro uma flor de cravo e canela
E fico curtindo da minha janela
Teu corpo suave de hortelã.