Blog da Amizade Amigos de Leilanina

11 de maio de 2015

Correnteza


 Quero o cheiro livre da flor
Manifesto de amor
Na luz do meu caminho...

Quero a cana doce o suor
Arranca do peito essa dor
Vem do chão que o vento alisa
Vem na correnteza do destino, sonhador...

Numa brincadeira de menino
Como quem correu para esconder
A felicidade só pra descobrir o seu real valor
Olha os meus olhos de esperança
E dança até o sol nascer...