Amigos de Leilanina

12 de abril de 2015

Vira, Virou


Vou voltar na primavera
e era tudo que eu queria
levo terra nova daqui

quero ver o passaredo
pelos portos de Lisboa
voa, voa que eu chego já

ai, se alguém segura o leme
dessa nave incandescente
que incendeia a minha vida,
que era viajante lenta,
tão faminta de alegria,
hoje é porto de partida

ah, vira, virou
meu coração navegador
ah, vira, virou
essa galera