Rolam as Pedras

By Leila Maria - março 01, 2015


Vejo sonhos livres, pais, irmãos e filhos
Corpos tão estranhos aos meus
Acho que eu existo, dentro da cidade
Quase que me sinto Deus
Tudo está tão certo que parece errado
É onde não consigo me achar
Luzes da verdade, na realidade
Sempre estão mudando de lugar
Ohh... Rolam as pedras...
Devem rolar...
Sou como as pedras...
Pra te encontrar...
Rolam as pedras...
Devem rolar...
Sou como as pedras...
Pra te encontrar...
Vejo em branco e preto, coisas coloridas
Na vida que tentaram me dar
De frases escritas, frases esquecidas
Que nem posso mais me lembrar
Tudo tão errado que parece certo
Foi difícil me nivelar depois da
infância, e da liberdade
Que nem sempre quer me acompanhar
Ohh... Rolam as pedras...
Devem rolar...
Sou como as pedras...
Pra te encontrar...
Rolam as pedras...
Devem rolar...
Sou como as pedras...

 Kiko Zambianchi



  • Share:

You Might Also Like

0 Comments