DICAS DE CUIDADOS PARA O IDOSO NO VERÃO

By Leila Maria - janeiro 14, 2015




1. BEBA ÁGUA!

Em climas muito secos e/ou com temperaturas muito elevadas, o simples fato de beber pouca água pode causar dores de cabeça, tonturas, fraqueza e enjôo. Este sintomas ocorrem devido a desidratação mais frequente no idoso, entre outros fatores, devido a menor quantidade de água em sua composição corpórea, não devendo o idoso esperar pela sede para ingerir líquidos, o ideal é fazer disso uma regra, bebendo de 1 a 2 copos d’água, chá ou suco a cada 1-2h. No caso de idosos dependentes ou acamados, o cuidador ou familiar deve ficar bastante atento à oferta de líquidos. Uma dica é observar a coloração da urina e ingerir/ ofertar mais água sempre q a mesma estiver muito escura (concentrada). Enfim, é sempre importante, mas no verão a ingestão de líquidos é fundamental.


2. PASSE FILTRO SOLAR !

O dano causado pelos raios solares ultravioletas é cumulativo e mais perigoso, portanto, para os idosos sendo nestes muito frequente o aparecimento de manchas e lesões provocadas pela exposição ao sol. Destas a mais grave é o câncer de pele, o que torna indispensável proteção com filtros solares do rosto e outras áreas expostas do corpo, como mãos e braços, ao sair de casa no verão. Mais importante que a graduação do filtro (ideal fator de proteção acima de 30) é reduzir ao máximo o tempo de exposição ao sol, repetindo sua aplicação sempre que este tempo ultrapassar 1h e optar por horários em que os efeitos são menos nocivos como início da manhã até 10h e final da tarde, após às 16h. Outra dica muito importante é associar ao filtro o uso de boné, chapéu, óculos, sombrinha, pois o rosto é a parte mais delicada e deve estar bem protegida.


3. USE ÓCULOS ESCUROS !

É importante também em climas muito ensolarados proteger os olhos da luz do sol. A visão do idoso é mais sensível ao brilho e às mudanças bruscas de luz ambiente (escuro / claridade) podendo estes ofuscarem a visão e aumentar o risco de queda. A dica portanto é usar óculos com lentes mais escuras associados a lentes corretivas (de grau) se for o caso.

4. PASSE HIDRATANTE !
A pele do idoso é naturalmente mais seca e menos elástica, no verão (também no inverno devido tempo seco) isso se agrava podendo mais facilmente ocorrerem escoriações e dermatites (inflamações), sendo também uma causa bastante comum de prurido (coceira). A dica, e isso vale também para os homens, é passar hidratante para pele seca (sem álcool nem muito perfume) logo após o banho sobre todo o corpo ainda úmido para aumentar a absorção do creme. 


5. FAÇA REFEIÇÕES LEVES !

No verão, abuse de frutas e verduras. Faça várias refeições pequenas, não coma mais que o necessário. Evite frituras, alimentos enlatados, gordurosos ou muito condimentados. Prefira as carnes magras sempre cozidas ou assadas, coma de preferência apenas alimentos cuja procedência é conhecida, evitando risco de contaminação. No verão o risco de intoxicação alimentar é maior.
Beba apenas água filtrada, lave bem as mãos e os alimentos antes de ingeri-los,. Chupe picolés, tome sorvete, beba sucos sem excessos e respeitando sempre as orientações específicas de seu nutricionista e médico.


6. APROVEITE O VERÃO PARA PRATICAR ATIVIDADES DE LAZER E ESPORTES!

O clima quente requer cuidados especiais, mas também propicia uma sensação agradável para estar ao ar livre, na praia, na piscina, nas praças e parques. Para prática de qualquer atividade física é recomendável que o idoso consulte seu médico para avaliação cardíaca. A dica é optar por atividades mais leves como caminhadas curtas, tai-chi-chuan, yoga, alongamento. A prática de hidroginástica adaptada para terceira idade também é uma dica prazerosa! Procure na sua cidade, no seu bairro organizações de promoção de saúde para terceira idade, diversos serviços atualmente oferecem atividades guiadas, gratuitas para o idoso. Saia, passeie, faça amigos, namore, aproveite a vida sem descuidar da saúde


 Dra Cristiane Fernanda May Pitelli- Médica Geriatra.




  • Share:

You Might Also Like

0 Comments