Estranho ímpar.

By Leila Maria - dezembro 30, 2014



Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.

Carlos Drummond de Andrade






  • Share:

You Might Also Like

0 Comments