Canção De Esperança

agosto 29, 2016




A Esperança
Tece a linha do horizonte
Traz tanta paz
Em reluzente e doce olhar
Que nos conforta
Quando o mar não é tão manso
Quando o que resta
É só o frio sem luar

E nasce leve, devagar
Em uma canção de ninar
Que nos acolhe pra dizer
O Amor jamais deixou você

Oh, Esperança
És para sempre, sempre viva
Te ofereço a minha casa pra morar
Nos meus sentidos
Quero ter os teus conselhos
Na minha voz
Eu quero sempre ir te encontrar

Se alguma coisa eu temer
Estou contando com você
Pra me dizer ao me acalmar
Que o amor jamais me deixará

E nasce leve devagar
Em uma canção de ninar
Que nos acolhe pra dizer
O amor jamais deixou você




Tecnologia do Blogger.