17 de julho de 2017

Jasmim! Trepadeira cheirosa para encantar os sentidos.




As flores de jasmim são conhecidas em todo território nacional por sua beleza inigualável e seu perfume inconfundível. Comumente são escolhidas para fins decorativos, para dar de presente ou para aromatizar o ambiente. Acredita-se que as primeiras flores de jasmim apareceram na China, se espalhando inicialmente por todo o mundo oriental. Descobriu-se então, que além de bela e cheirosa, a flor de jasmim possui propriedades medicinais importantes para o organismo que a consome. Em uma ilha no Japão, chamada Okinawa, boa parte da população já passou dos cem anos de idade, e tem por hábito tomar chá de jasmim ou incluir algumas flores da planta em seus chás tradicionais. 

                  Chá de jasmim
As principais propriedades das flores de jasmim são:
  • Analgésicas;
  • Antioxidantes;
  • Antibacteriano;
  • Anti-inflamatórias;
  • Calmante;
  • Digestivas.
    Benefícios:
    O consumo de chá com folhas de jasmim pode proporcionar diversos benefícios para o indivíduo. Uma particularidade interessante é que, por ser um poderoso antioxidante, o jasmim combate radicais livres e assim desacelera o envelhecimento precoce, além de reduzir as rugas e linhas de expressão.
    O consumo regular de flores de jasmim também reduz o mau colesterol, diminui o risco de desenvolver cancros e previne o aparecimento de problemas cardíacos. Ainda, é eficaz no combate contra toxinas e bactérias que por vezes afetam o organismo e provocam males como diarréia, resfriados, gripes e cólera. Eleva a imunidade do organismo, evitando que se contraia com facilidade muitas doenças.

    Mais um ponto positivo para as flores de jasmim é que elas aceleram o metabolismo. Isso mesmo, com o metabolismo acelerado o corpo eliminará maior quantidade de calorias de forma mais rápida, contribuindo para o emagrecimento.

    Pessoas estressadas, ansiosas ou que sofram de síndrome do pânico e hiperatividade também são beneficiadas pelo consumo da planta, que é um calmante poderoso, eliminando o estresse e a ansiedade de forma contínua e progressiva, contribuindo para melhor qualidade de vida e noites de sono tranquilas.

        Resultado de imagem para jasmim trepadeira

    Como preparar o chá de jasmim:

    Recomenda-se que você inclua folhas de jasmim em chás tradicionais, como o chá verde, chá vermelho, chá preto ou chá branco. Prepare seu chá normalmente, mas durante a fervura do chá (com meio litro de água) acrescente uma colher de sopa de pétalas de jasmim. Você as encontrará já secas em farmácias e lojas de produtos naturais. Permita que a fervura continue por 5 minutos, então desligue o fogo e abafe o recipiente. Quando a temperatura estiver morna, coe e beba duas xícaras do chá por dia, preferencialmente uma pela manhã e outra antes de deitar-se.

    Agora vejamos como ter um jasmim em vaso ou no jardim!


                       Jasmim

    O jasmim verdadeiro gosta de solos bem drenados, misturados com areia, onde não se acumula água. São plantas de pleno sol, que se estendem e enraízam facilmente - quando o ramo do jasmineiro toca o solo, começa a soltar raízes e forma outra planta (este processo se chama alporquia).
    Em vaso você poderá ter um jasmineiro também - arranje um vaso grande, de boca ampla, e plante uma muda do jasmim escolhido. No vaso, a planta não terá acesso à água de subsolo e, se estiver na varanda, também não será alcançada pelas chuvas então, você deverá manter seu jasmineiro sempre regado (2 a 3 regas por semana serão suficientes). Também será necessário você manter o vaso livre de outras ervas que poderão concorrer com os nutrientes de que a terra dispõe.

     Semeando o jasmineiro

    Caso você decida plantar seu jasmineiro semeando as sementes que comprou ou coletou, faça isso já no lugar definitivo, seja no vaso ou no jardim. As sementes do jasmim demoram cerca de 30 dias para germinarem e, até a germinação deverão contar com um substrato úmido, serem protegidas do sol intenso e das chuvas que podem lavar a terra. As mudas nascidas de sementes deverão ser cuidadas diariamente até que se fortaleçam.

    O jasmineiro não gosta de ser transferido de lugar - esse movimento só é positivo quando a planta já está fortalecida mas, se você decidir fazê-lo, retire a muda da terra, com um torrão grande, cuidando de não machucar as raízes, e coloque-o em uma cova duas vezes maior que seu diâmetro, com terra adubada e drenagem garantida.
    Resultado de imagem para jasmim trepadeira

    Jasmineiro no jardim

    No jardim, um jasmineiro verdadeiro não te vai dar trabalho, fora a necessidade de podar seus avanços. A poda deve ser feita no final do inverno, que é quando a planta apresenta menos folhagem, galhos secos que deverão ser retirados, e época em que terá suas forças reprodutivas à espera de brotarem só no começo do verão. A floração dos jasmins acontece desde o começo do verão até quase o final do inverno, variando de acordo com as espécies.

    O inverno brasileiro é bastante suportável para os jasmineiros que aguentam nossos frios amenos. Caso você more em um lugar onde os frios rondem os 0ºC, será adequado cobrir seu jasmineiro com tela ou sombrite, para diminuir os danos, ou então, se estiverem em vaso, levá-los para dentro de sua casa, até que as temperaturas atinjam, outra vez, os 10 ºC.
    Conheça o site :Viver com flores

      

    Postagens mais visitadas